Estudo comparativo de funções neuropsicológicas entre grupos etários de 21 a 90 anos

Murilo Ricardo Zibetti, Gigiane Gindri, Josiane Pawlowski, Jerusa Fumagalli de Salles, Maria Alice de Mattos Pimenta Parente, Denise Ruschel Bandeira, Jandyra Maria Guimaraes Fachel, Rochele Paz Fonseca,

Resumen


A avaliação neuropsicológica possibilita investigar habilidades cognitivas, comunicativas e/ou emocionais, gerando indicadores para diagnóstico e reabilitação de disfunções neuropsicológicas. Estudos com indivíduos neurologicamente preservados, de diferentes faixas etárias, são importantes para a interpretação dos dados de pacientes neurológicos e/ou psiquiátricos. O objetivo deste estudo foi verificar se há diferenças entre quatro grupos etários quanto ao seu processamento de funções neuropsicológicas, analisando-se mais especificamente diferentes sistemas mnemônicos, assim como linguagem oral e escrita. Participaram do estudo 207 adultos neurologicamente preservados e de alta escolaridade: 53 jovens (21-39 anos), 63 de idade intermediária (40-59 anos), 48 idosos (60-75 anos) e 43 idosos longevos (76-90 anos). Os participantes foram avaliados quanto às funções de orientação têmporo-espacial, atenção, percepção, memória, habilidades aritméticas, linguagem, praxias, e funções executivas (resolução de problemas e fluência verbal) pelo Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve NEUPSILIN. A comparação do desempenho entre grupos foi analisada com o teste ANCOVA de um fator, com as covariantes escolaridade e freqüência de hábitos de leitura e escrita. Os resultados indicaram desempenho inferior para o grupo etário de 76 a 90 anos nas tarefas de percepção, resolução de problemas, fluência verbal e nos componentes de memória de trabalho, episódica verbal e prospectiva. Para linguagem escrita, os resultados mostraram-se significativamente diferentes entre os grupos de jovens e longevos. O desempenho das funções neuropsicológicas parece apresentar mudanças com o processo de envelhecimento, especialmente a partir dos 76 anos, embora o fator idade tenha um papel diferente para cada componente cognitivo.
Palavras-chave: Avaliação neuropsicológica breve; idade; envelhecimento; memória.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com