Avaliação da memória de trabalho em crianças: uma revisão sistemática com metanálise

Dheyvson Fellipi de Oliveira Tomaz, Andriely dos Santos Cordeiro, Carla Alexandra S. Moita Minervino

Resumen


A memória de trabalho é reconhecida como uma habilidade cognitiva que armazena uma quantidade limitada de informações, responsável por manter e operar esta informação na consciência. O estudo teve como objetivos identificar o instrumento e/ou tarefa mais utilizada pelos pesquisadores para analisar a memória de trabalho em crianças, e identificar, por meio de uma metanálise, sua capacidade em discriminar o desempenho entre grupos. Para tanto, foi executada uma revisão sistemática e metanálise com foco no instrumento mais utilizado. As buscas foram realizadas nas bases de dados PubMed, Elsevier, Wiley Online Library, Springer e SAGE Journals; utilizados os termos “working memory”, “children” e “psychometrics”, e protocolo PRISMA-P para a escrita da revisão sistemática. O estudo identificou 421 artigos e selecionou 19. A metanálise foi conduzida através da utilização do software estatístico OpenMeta[Analyst]; e a avaliação do viés de publicação com o uso do software Comprehensive Meta-Analysis (CMA). Como resultado, foi verificado que a tarefa de extensão de dígitos é a primeira escolha entre os pesquisadores para análise de memória de trabalho em crianças e verifica-se que o instrumento possui pequena capacidade em distinguir os participantes em termos de desempenho individual, série escolar e faixa etária.
Palavras-chave: memória de curto prazo, memória de trabalho, crianças, neuropsicologia, revisão sistemática.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com