Avaliação cognitiva e de linguagem em crianças pré-escolares com autismo: Revisão sistemática

Guilherme Domingos Martins, Emmy Uehara Pires

Resumen


O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é um Transtorno do Neurodesenvolvimento que pode estar presente desde os primeiros meses de vida da criança. É associado a prejuízos cognitivos, de linguagem e comunicação social. A literatura aponta para uma lacuna entre a identificação dos sintomas e o encaminhamento, fato que dificulta o mapeamento das dificuldades e o planejamento de intervenções precoces. Neste sentido, o presente trabalho objetivou investigar os instrumentos utilizados para avaliar a cognição e a linguagem de crianças de 0 a 6 anos com TEA através de revisão sistemática PRISMA. O levantamento da literatura realizou-se em cinco bases de dados: ERIC, LILACS, PsycINFO, Pubmed e Scielo. A partir dos critérios de inclusão selecionaram-se 16 estudos. Observou-se heterogeneidade nos estudos, em especial, na metodologia empregada. Houve variação da amostra entre 18 até 1061 participantes, idade entre 12 meses até crianças de 6 anos. Dentre os aspectos cognitivos e linguísticos avaliados nas medidas, temos o desenvolvimento sociocomunicativo, interação social, gestos, atenção compartilhada, imitação, comportamentos adaptativos e desenvolvimento dos componentes cognitivos e da linguagem. Apontam-se como limitações as abrangências dos termos linguagem e cognição, que dificultou a correlação dos resultados.
Palavras-chave: transtorno do espectro autista, avaliação, cognição, linguagem.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com