Impacto do uso de Crack nas funções executivas: uma revisão sistemática

Adriana Raquel Binsfeld Hess, Raquel Albea da Silva, Rosa Maria Martins de Almeida

Resumen


Estudos neuropsicológicos sugerem que dependentes químicos de cocaína/crack tendem a apresentar alterações cognitivas, principalmente, nas funções mnemônicas, atencionais e executivas, relacionando o uso de crack a prejuízos nestas funções. Tais prejuízos podem impactar em diversos âmbitos da vida do usuário, especialmente na adesão ao tratamento e, consequentemente, em sua reabilitação. Com o intuito de compreender melhor o impacto do uso de crack nas funções executivas o presente artigo apresenta uma revisão sistemática de literatura sobre a avaliação neuropsicológica das funções executivas em usuários de crack. Foi realizado um levantamento dos artigos indexados nas bases de dados Lilacs, Medline, PsycInfo, Pubmed, Scielo e Web of Science no período de 2004 a 2017. No total foram aceitos 14 artigos que preencheram os critérios e foram apresentados e discutidos. Os achados mostraram que existe uma variabilidade entre os testes utilizados, sendo os mais comumente selecionados o Trail Making Test, o teste Stroop, Dígitos, o Teste Wisconsin de Classificação de Cartas e o Iowa Gambling Task. Os estudos revisados sugerem, em sua maioria, uma associação entre o uso do crack e a disfunção executiva. A compreensão do funcionamento executivo de usuários de crack é socialmente relevante, tendo importante impacto na elaboração de programas de tratamento e de reabilitação. O presente estudo de revisão aponta a necessidade de novas pesquisas empíricas, que possuam grupos de comparação com um número maior de participantes, tornando os achados mais representativos e fidedignos da população investigada, ampliando, assim, a compreensão da relação entre funcionamento executivo e a dependência química.
Palavras-chave: Avaliação neuropsicológica, Crack, drogas, funções executivas, neuropsicologia.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com