Avaliação neuropsicológica das Funções Executivas em adultos com sintomas de Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica

Fernanda Figueiredo Coelho, Amer Cavalheiro Hamdan

Resumen


O transtorno de compulsão alimentar periódica (TCAP) é o transtorno de maior incidência na população e caracteriza-se pela perda de controle e excessiva ingestão de alimentos sem que haja a sensação de fome. Déficits no funcionamento executivo (FE) podem ser fatores de vulnerabilidade ou de manutenção para os sintomas de compulsão alimentar. No entanto, na literatura atual há evidências contraditórias em relação aos déficits de FE em indivíduos com TCAP, uma vez que alguns estudos analisam uma única medida de FE ou há a omissão de covariáveis relevantes. Objetivo: analisar as funções executivas (especialmente: memória operacional, controle inibitório, flexibilidade cognitiva e planejamento) em indivíduos com sintomas de TCAP, comparação com adultos com sobrepeso e obesidade. Método: este estudo comparou as FE em uma amostra de adultos com sintomas de TCAP (n = 34) e 27 indivíduos formaram o grupo controle. Foi aplicada a seguinte bateria de testes neuropsicológicos para avaliação das funções executivas: Montreal Cognitive Assessment (MoCa), Escala de Perda de Controle Sobre a Alimentação (EPCSA), Torre de Londres (ToL), Tarefa do Hotel (THo), Teste Stroop versão Victória (TSp), Teste dos 5 Dígitos (FDT), Sequência de Números e Letras (SNL), Teste de Fluência Verbal Semântica (FV). Resultados: ao comparar o desempenho de indivíduos saudáveis com pessoas com sintomas de TCAP, estas apresentaram desempenho inferior em atividades de planejamento, controle inibitório e flexibilidade cognitiva, porém não houve prejuízos na memória operacional. Conclusão: esse estudo destaca a importância da avaliação das funções executivas no transtorno de compulsão alimentar, visando o diagnóstico diferencial, identificação de fatores de risco e a necessidade de intervenções mais eficientes, como estratégias compensatórias e meios de estimulação das capacidades cognitivas, especialmente, do controle inibitório, planejamento e flexibilidade cognitiva.
Palavras-chave: avaliação neuropsicológica, transtorno de compulsão alimentar periódica, planejamento, controle inibitório, flexibilidade cognitiva, memória operacional.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com