Contribuições da Torre de Londres para o exame do planejamento em idosos com Comprometimento Cognitivo Leve

Jonas de Paula, Danielle de Souza Costa, Edgar Nunes de Moraes, Rodrigo Nicolato, Leandro Fernandes Malloy-Diniz

Resumen


As funções executivas são processos mentais que permitem o comportamento dirigido a metas, sendo a capacidade de planejamento um de seus componentes. O objetivo do estudo é comparar dois sistemas de correção do teste da Torre de Londres na identificação de déficits de planejamento em sujeitos idosos. Foram avaliados 96 idosos (53 mulheres; idade 75,18+/-7,31 anos) divididos em três grupos: idosos saudáveis (n=35), Comprometimento Cognitivo Leve Amnéstico de domínio único (n= 30) e de múltiplos domínios (n=31). Os resultados evidenciaram que apenas pacientes com Comprometimento Cognitivo Leve de múltiplos domínios apresentaram desempenho inferior ao grupo controle nos dois sistemas de correção da Torre de Londres. A análise de regressão multivariada logística multinomial indica que o uso associado da TOL ao Mini Exame do Estado Mental aumenta a eficiência da classificação dos participantes nos diferentes grupos. Os resultados indicam que a TOL apresenta bom potencial para identificação de comprometimento executivo em idosos.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com