Relações entre obesidade e controle inibitório: uma revisão sistemática

Marjorie Rodrigues Wanderley, Amer Cavalheiro Hamdan

Resumen


A obesidade é uma condição complexa influenciada por diversos fatores. Uma breve revisão de literatura indica que a obesidade pode estar relacionada às funções executivas , uma série de processos mentais que precisamos ativar ao executarmos um comportamento dirigido a um objetivo. Um desses fatores que parece ter grande importância é o controle inibitório, construto neuropsicológico que consiste na habilidade de inibirmos certos estímulos que possam impedir o alcance de uma meta. Contudo, não há consenso sobre a influência dessa função na dimensão da obesidade. Sendo assim, esta pesquisa irá investigar as relações existentes entre obesidade e controle inibitório e suas consequências para o tratamento da obesidade. Para tanto, foi feito um levantamento, em quatro bases de dados, com a utilização dos descritores inhibitory control e obesity em títulos ou resumos no período de 2003 a março de 2014. Foram incluídas pesquisas que relacionaram obesidade e controle inibitório por meio de testes neuropsicológicos comparando grupo de pessoas obesas com grupo de peso normal, e excluídos artigos que não utilizaram os resultados dos testes com cunho comparativo, estudos que consideraram amostra acima do peso e amostra obesa em uma só categoria de análise e pesquisas que investigaram áreas cerebrais frontais, mas não especificamente o controle inibitório. As pesquisas encontradas foram analisadas quanto às características demográficas da amostra, medidas utilizadas e resultados. Foram analisados dez artigos, que apontam de fato para uma relação entre controle inibitório e obesidade, já que a maior parte das pesquisas encontrou índices mais baixos de controle inibitório em populações com Índices de Massa Corporal mais elevados. A importância dessa relação reside na possibilidade de inclusão do treino do controle inibitório como parte de programas para perda de peso, além de tentativas comuns de controle de alimentação e prática de exercícios.
Palavras-chave: controle inibitório, obesidade, revisão sistemática.

Texto completo:

PDF


https://www.ebsco.com     http://www.redalyc.org     http://pepsic.bvsalud.org     https://doaj.org     http://www.latindex.org     http://www.psicodoc.org     https://scholar.google.com